Sangeeta JatiaNEW VOICES GLOBAL CHAIRPERSON
    logo-new-voices
    Equipe Novas Vozes

    PID Sangeeta Jatia

    Olá – Meu nome é Sangeeta Jatia – Ex-Diretora Internacional, da Índia.

    Tudo começou em 2002 – quando eu planejava ser Governadora de Distrito. Por ser ingênua, eu acreditava que para ser líder eu deveria agir e me comportar como um homem! Será que alguém me seguiria sendo uma mulher? Obedecendo o meu impulso de ser uma líder rigorosa, resolvi encomendar jaquetas. Em um país onde as mulheres normalmente usam sáris ou kurtis, eu queria mostrar autoridade usando um terno! Comecei também a falar mais alto, para que percebessem que eu era uma líder. Meu estilo tornou-se agressivo e pensei que havia conquistado o meu espaço! Comecei a agir como se fosse outra pessoa, dando tapas nas costas dos amigos.

    Porém, ao trabalhar nesta organização, percebi que poderia ser poderosa sem usar uma jaqueta. Os Leões não ficavam impressionados porque eu estava imitando homens. Eles me admiravam por apresentar ideias inovadoras. Apreciavam nossas pequenas contribuições, mas que somadas, faziam uma grande diferença. Acatavam uma boa ideia, mesmo que viesse de uma voz feminina.

    Esse foi o dia em que conscientemente decidi me comportar como uma mulher. Desisti de usar ternos nas funções do Lions em meu país, onde a cultura e o clima não permitem esse tipo de vestimenta. Histórias reais substituíram as estatísticas – aos poucos, me tornava mais parecida comigo mesma.

    Sentia uma paz interior. Parei de competir com os homens – sabendo que, naturalmente, eles agiriam e se comportariam de maneira diferente. Manifestei minhas opiniões sem tentar ser aceita. Ao ser autêntica senti uma sensação libertadora!

    Rogo que sejam vocês mesmas. Esta organização precisa do toque feminino. Precisa de ideias inovadoras e criativas – precisa de uma mudança mental!

    Para mim, este é o verdadeiro significado das Novas Vozes – expressar o que pensamos, usando nossa capacidade singular, e sendo autênticas. Vamos celebrar o fato de sermos mulheres. Vamos celebrar nossas diferenças, para que se tornem nossos pontos fortes, nos impulsionando rumo ao próximo século de prestação de serviços!